Questões legais e o EFT (Ou Tapping)

0 Flares 0 Flares ×

Círculo inglês - equilíbrio

Círculo inglês - equilíbrio

Gary Craig, o fundador do EFT (em meados dos anos 90), escreveu este texto no seu Manual do EFT, que trata das questões legais relacionadas à aplicação desta extraordinária técnica de liberações de emoções bloqueadas e bloqueadoras da energia vital, responsável pela felicidade, pela paz, pela harmonia e criatividade do ser humano.

Como eu não teria escrito melhor, traduzi e transcrevo o texto do Gary, que nos explica como devemos assumir 100% da responsabilidade por tudo que fazemos (pensamos, dizemos, damos, recebemos…).  Então, o mesmo deve também ser feito com o uso do EFT.

Vale a pena ler até o final, pois ensinamentos sobram!

Importante…por favor, leia com atenção

O bom senso sugere que não se deve esperar efeitos colaterais negativos com o EFT. Isto devido a que:

Não há procedimentos cirúrgicos.

Não há agulhas.

Não há pílulas ou remédios.

Não há forças exercidas sobre o corpo.

Ao invés disso, há apenas alguns procedimentos aparentemente inócuos, tais como batidas, cantarolas, contagem em voz alta, e circunvolução dos olhos (Método Gary Craig).

Até agora, mais de 100.000 pessoas (nota: até 2004, quando este manual foi escrito, pois este número subiu surpreendentemente até a data presente), já utilizaram o EFT, e o número de queixas é muito aquém a 1 %.

De vez em quando, alguém pode relatar ter sentido um pouco de náusea, e algumas poucas pessoas relataram terem se sentido “pior”. Devido ao fato de que esses relatos são tão pouco freqüentes, desconhece-se se esses problemas foram causados realmente pelo EFT. Algumas pessoas, aliás, sentem náuseas ou se sentem “pior” meramente pela menção de seus problemas. Terão isso, mesmo sem que EFT tenha sido utilizado.

EFT ainda está em um estágio inicial (nota: apesar de estar sendo aplicado, com muito sucesso, por muitos médicos, psicólogos, terapeutas, cientistas e milhares de pessoas pelo mundo, desde 1980) e, temos muito a aprender. Assim, é possível que EFT possa ter efeito prejudicial para alguém. Por conseguinte, você deve partir da premissa que estamos ainda em um estágio experimental, e estamos utilizando o EFT com cuidado.

Neste contexto, incluo abaixo uma mensagem importante que redigi para a lista de suporte de e-mails do EFT. Deve ser lida com atenção.

Não vá aonde não é chamado.

Suavidade e delicadeza

Suavidade e delicadeza

Alô Para Todos,

Esta é uma mensagem importante, e eu passei muitas horas para redigi-la e corrigi-la, a fim de “acertar”.

Felizmente, o que tenho a dizer é óbvio bom senso, e 99% de vocês já entenderam a mensagem.

Em suma, é indispensável que usemos o bom senso quanto ao EFT, e que NÃO o utilizemos com pessoas com problemas sérios, A NÃO SER que tenhamos a experiência apropriada para assim fazê-lo.

Ainda que nosso fascínio por essas técnicas nos dêem muita razão em sermos entusiastas, temos que pesar esse entusiasmo contra algumas reservas impostas pelo bom senso. Deixe-me analisar ambos os lados dessa questão.

Primeiramente, um dos aspectos mais positivos do EFT (e de outras práticas afins) é que, para a absoluta maioria das pessoas, pode ser aplicado virtualmente sem dor. Esse lado suave estimulou muitos psicólogos a escreverem livros sobre o assunto, de modo a dar acesso a essas práticas a um amplo público leigo. E por quê não ? Porque negar o acesso do público a instrumentos, que muitas vezes são soluções transformadoras para tantos problemas…e que, para a maioria das pessoas, são suaves e fáceis de serem utilizados?

Considere por exemplo que…

Terapeutas, rotineiramente, estão ensinando o processo a seus clientes para uso em casa.

Professores estão aprendendo as técnicas, para utilizá-las com seus alunos.

Treinadores as estão aprendendo, para usá-las com os seus atletas.

Pais estão aprendendo para utilizá-las com seus filhos.

Médicos as estão aprendendo, para aliviar as dores de seus pacientes.

Massagistas profissionais misturam as técnicas do EFT aos seus procedimentos habituais, para obterem resultados mais duradouros.

Lideres espirituais estão aplicando essas técnicas aos necessitados.

Quiropráticos, acupunturistas e homeopatas estão ampliando suas práticas e  ensinando o EFT a seus pacientes, para usarem em si mesmos.

E assim por diante…

Não sei exatamente quantos entusiastas de EFT estão atualmente utilizando as técnicas em terceiros, mas minha estimativa é de que sejam mais de 100.000, e provavelmente já têm sido utilizadas mais de um milhão de vezes em todo mundo.

Isto, obviamente, não teria acontecido se não houvesse (1) substanciais resultados, e (2) os riscos ou possíveis efeitos colaterais negativos não fossem mínimos. Enquanto nenhum praticante experiente do EFT possa negar ter obtido resultados substanciais, PODE SIM haver efeitos colaterais, às vezes até severos.

Deixe-me explicar.
Algumas pessoas sofreram traumas e∕ou abusos tão profundos em suas vidas, que desenvolveram problemas psicológicos graves…tais como múltipla personalidade, paranóia, esquizofrenia e outros sérios distúrbios mentais. Embora o EFT tenha sido de valia mesmo em tais casos graves, NESSAS CIRCUNSTÂNCIAS EFT DEVE SER APLICADO SOMENTE POR UM PROFISSIONAL QUALIFICADO, COM CONHECIMENTOS DESSES DISTÚRBIOS.

Por quê ? Porque alguns desses pacientes podem sofrer surtos (“ab-reações”) e com isso perderem totalmente o controle. Durante esses surtos podem tornar-se perigosos para si mesmos e para outros, e podem requerer sedação ou hospitalização. Isto, obviamente, não é um campo apto para o iniciante… qualquer que seja o entusiasmo com que se dedique ao EFT.

Por sinal, não se sabe ainda se as batidas do EFT podem, de fato, causar tais surtos, ou se são tão somente as lembranças traumáticas evocadas por ocasião da aplicação do EFT que provocam os surtos. Seja como for, se você não tiver experiência em tais áreas, por favor abstenha-se de aventurar-se aonde não é chamado.

Quão freqüentes são tais surtos ?

Num hospital psiquiátrico são comuns. No dia-a-dia são raros. Recentemente, pesquisei junto a vários praticantes proficientes de EFT, que já lidaram com uma grande gama de problemas emocionais, e soube que menos de 1 em 1.000 pacientes tiveram tais surtos.

Esse percentual ínfimo está sendo mencionado a título de perspectiva. Não é para sugerir que os praticantes de EFT possam tranqüilizar-se por ser pequeno o risco, e “ir aonde não são chamados.”

Do contrário, o praticante iniciante do EFT deve usar de bom senso e NÃO TENTAR ALIVIAR MALES QUE ESTÃO ALÉM DE SUA CAPACIDADE OU TREINAMENTO.

É bem conhecida minha frase “Experimente-o em tudo !”. Essa frase consta no manual de EFT, no curso de EFT e no nosso website. O propósito dessa frase, naturalmente, é de abrir as mentes das pessoas quanto ao potencial de uso do EFT. Definitivamente, não é uma autorização para ações irresponsáveis. Felizmente, as pessoas interpretam isso num contexto de bom senso, e não usam o EFT, por exemplo, para conseguir que alguém tente voar ao saltar do Empire State Building.

Em certas ocasiões, as pessoas que estão sendo tratadas com EFT têm reações emocionais, tais como choro ou outras manifestações de tristeza, que acompanham as evocações de suas lembranças penosas. Em outras ocasiões, algumas dores físicas se acentuam – ao menos temporariamente. O praticante experiente de EFT entenderá que são reações normais e, apropriadamente, aplicará novas rodadas de EFT para neutralizá- las. Novamente, quando ocorrem tais reações, deve prevalecer o bom senso. Se a situação ultrapassar a proficiência do praticante, este deve encaminhar o cliente a alguém com maior experiência.

Logo EFT

Logo EFT

Abraços,

Gary”

Apesar do EFT ou Tapping estar produzindo resultados clínicos extraordinários, em milhares de pessoas pelo mundo, ele deve ser ainda considerado em estágio experimental e, assim, os especialistas e o público devem assumir completa responsabilidade pela sua utilização. Você concorda em assumir total responsabilidade pela sua própria saúde e o uso do EFT.

EFT não intenciona substituir qualquer relacionamento com um profissional qualificado da área da saúde e, com certeza não tem como objetivo dar recomendações médicas, diagnósticos ou tratamento. Se você está sob os cuidados de um profissional da saúde (ou estará), nós recomendamos que discuta modificações na sua dieta, estilo de vida, programa de exercícios, nutrição, e/ou utilize o EFT com eles, antes, durante e depois de fazer qualquer mudança, mas não descontinue ou reduza as prescrições medicamentosas, sem consultar o seu médico ou profissional da área da saúde que o está (estará) atendendo.

Informações neste site, e sobre os produtos que ele veicula, têm apenas propósitos informativos e não são feitos para substituir a orientação do seu médico e outros profissionais da área da saúde.  Por favor, não utilize qualquer informação sobre o EFT (ou Tapping nos Meridianos) para diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer problema de saúde ou doença. Se você possui ou suspeita que tem um problema de saúde, por favor, contate imediatamente um profissional desta área.

Já que estamos de acordo com os termos acima mencionados, podemos continuar com a publicação do e-book, A Solução Tapping, onde textos surpreendentes e experiências de autocrescimento o aguardam.

E por hoje terminamos, com dois testemunhos valiosos sobre o EFT:

“Algum dia, os profissionais da saúde acordarão e se darão conta de que problemas emocionais, não resolvidos, são a principal causa de 85% de todas as doenças. Quando eles fizerem isso, EFT será um dos seus instrumentos preferidos de cura…como o é para mim.  - Eric Robins, MD

“EFT oferece grandes benefícios curativos.” Deepak Chopra, MD

Paz e bençãos,

Lily Dirus

Você gostaria de praticar Yoga no conforto do seu lar? Assista GRATUITAMENTE uma aula Curso Online YOGA PRA VOCÊ da consagrada Miryam Both e aproveite o desconto de 50%!

Tenha mais saúde e flexibilidade
Você assite as aulas nos horários e locais que desejar!
Plataforma moderna contendo as vídeo aulas.
ASSISTIR E CONHECER O CURSO!
 
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×